sexta-feira, 1 de junho de 2018

O Brasil esqueceu de Deus

   A pedido de centenas de blogueiros, vou falar sobre religião, e vou falar de um tema que muito me incomoda, que é o aborto.
   Pessoalmente comungo com o principio de tudo, que é a família.
   Sou cristão, independo de religião, se sou católico, evangélico, espírita, protestante, só sei que creio no todo poderoso Jesus Cristo.
  Acredito na família nos moldes de Deus.
  É preciso que a sociedade brasileira "maior nação católica do mundo", que tem também  protestantes, temos monoteísta "que não acredita em Cristo", mas que acredita em um Deus, uma nação com grande parte de judeus, de Islâmicos, etc, comece ter consciência de um tema chamado "aborto".  
    Em 11 de setembro, dia fatídico da queda das torres gêmeas, nos EUA, em pânico o governo federal, convocou 8 figuras importantes da sociedade para falar sobre o caso acontecido. Um deles era o religioso  Bill Briant, que com o estado avançado do mal de Parkinson, não pode ir e mandou através de sua filha um bilhete que dizia "Os EUA esqueceu de Deus".
   O Brasil é um nação religiosa, mas o Brasil esqueceu de Deus.
   Quem dá o poder de chegar ao topo de uma nação  é Deus, e nos últimos 14 anos, os esquerdopatas, levaram o Brasil a um  striptease moral em praça pública,  assaltaram os cofres públicos.  E dessa forma, eles atacaram de forma desarcebada os valores de família, e foram além, vamos legalizar o aborto e as drogas no Brasil.
  Você consegue ver vídeos na internet, desse arauto do aborto, do arauto da morte, do ex presidente que se encontra recolhido, dizendo "roubem a nação e divida com todos", ataquem os valores da família. A dona Dilma colocou uma senhora no seu ministério para legalizar o aborto. 
  No STF, tem 11 ministros, Weber e Barroso são a favor do aborto, os outros não sabemos, pois ainda não declaram suas opiniões.  Nossa carta magna, diz que o senado tem o poder de "sabatinar os juízes do STF, de requerer o impeachment", pergunto:- o que esse congresso está esperando, não é a toa que é conhecido pelo povo, do pior grupo de senadores dessa nação em todos os tempos. Magno Malta, cadê vc?, um dos poucos que prestam nessa casa.
   O STF é indicado pelo presidente da república, quando assume ele se torna "guardião da constituição", no Brasil tudo se inverteu, cada um tem a sua própria constituição, cada tem e protege seus bandidos de estimação, né Lewandowski, né Gilmar Mendes etc.
   Eu achava que o STF era suplente de Deus, agora tenho certeza que eles se acham que é o próprio Deus. Chegou a hora de mudar isso, e é nas próximas eleições.
  O Supremo não é o foro para tratar do tema chamado aborto. 
  A pergunta é simples: quem tem o poder para violar os 3 poderes de uma criança, que são: 
Direito a alimentação "alimentado pelo cordão umbilical da mãe", direito a proteção "está protegido pelo útero" direito a segurança "esta seguro no útero".
   E esses direitos ela já tem.
     Ontem ouvi um presidenciável dizer em Porto Alegre, que quer se tornar presidente do Brasil, para acabar com essa moral católica, a qual é o bom costume, o que esse idiota quer dizer, vai acabar com as missas, com as festas de padroeiras.
  Um certo dia, ouvi um certo  secretário de ministro do Lula "Sr Gilberto Carvalho" dizer para agradar os abortistas do congresso nacional " a próxima luta ideológica do PT é ir contra os evangélicos de mente vazia, comandado por um pastor de televisão", Pergunto a eles:- Mente cheia são os que arquitetaram a morte de Celso Daniel.
  A Bíblia fala que o coração só expressa o que a mente está cheia e minha mãe dizia que o homem só arrota o que come.
  Por isso sou a favor ao nascimento e Deus há de julgar os contrários.
  Por favor, não me façam falar desse assunto jamais, pois me irrita profundamente e acabou com meu dia. Peço isto a todos os blogueiros e é de coração.
  

 
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário